Novidades do setor de energia

3d paper craft art of a charging battery

Operações estruturadas como estratégia de ganho extra no Mercado Livre.

Conhecer o perfil de consumo da empresa, os detalhes das contratações e as variáveis que influenciam nas flutuações de preços é muito importante. Só assim é possível encontrar oportunidades de realização de operações estruturadas, que trarão economias extras nos gastos com energia.

As operações estruturadas são operações não comuns de compra, venda ou troca de energia. Elas são baseadas em estudos das informações de mercado e das contratações de cada empresa. Essas informações são analisadas e cruzadas mensalmente para encontrar uma possível oportunidade de ganho adicional nos custos com energia elétrica.

Todo esse processo é feito no Mercado de Curto Prazo (MCP).

Entenda o que é o Mercado de Curto Prazo no Mercado Livre de Energia.

O Mercado de Curto Prazo (MCP) ou Spot refere-se à liquidação das diferenças de balanço energético entre os agentes. 

São contabilizadas as diferenças entre os montantes de energia elétrica contratados pelos agentes e os montantes de geração e de consumo efetivamente verificados.

Se uma empresa comprar energia a mais do que utiliza mensalmente, a sobra será liquidada (vendida) no MCP ao valor do PLD (Preço de Liquidação das Diferenças). Caso a empresa consuma mais do que estiver contratado ela também poderá ser liquidada (comprada) no MCP.

Conheça alguns tipos de operações estruturadas SWAP que podem gerar ganhos para sua empresa.

Operação SWAP. O que é?

O termo SWAP, que em inglês significa “troca”, representa qualquer tipo de ‘troca’ de energia que acontecem por diversos motivos. São operações de balcão que permitem grande flexibilidade nas negociações conforme características específicas de cada contrato.

Caso exista uma possibilidade de troca da energia já contratada por outra com preços mais vantajosos a operação de SWAP é realizada.

As operações estruturadas de SWAP de energia podem ser divididas em algumas categorias:

Operação Estruturada de SWAP Fonte de Energia ou Tipo de Energia

Dentro do Mercado Livre de Energia é possível comprar energia de algumas formas. Entre elas:

Energia convencional: Energia proveniente de fontes de geração convencionais, como grandes hidrelétricas e termelétricas. Não possuem desconto na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD).

Energia incentivada: Energia proveniente de fontes de geração renováveis, como solar, eólica, biomassa e pequenas centrais hidrelétricas, com potência injetada de até 50 MW. Possuem desconto na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD).

Apesar da energia incentiva possuir desconto na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD) ela pode ser mais cara do que a energia convencional. 

Nesse momento que entra o SWAP de Fonte de Energia. É feito um estudo e uma análise detalhada de qual energia vale mais a pena no momento: o valor da energia convencional ou o desconto da energia incentivada.

Caso a energia contratada não seja a energia que está com o melhor valor no momento existe a possibilidade da realização do SWAP de fonte de energia. Assim, a empresa pode ter economia adicional no valor da energia apenas substituindo a energia que já havia contratado.

Operação Estruturada de SWAP Submercados

As principais usinas de geração de energia e consumidores do Brasil estão interligados através do Sistema Interligado Nacional (SIN), tornando possível a troca de energia entre as diferentes regiões para os diferentes consumidores. Essas regiões são chamadas de submercados e são divididas como abaixo:

  • Sudeste/Centro-Oeste (SE/CO)

Regiões Sudeste, Centro-Oeste, Acre e Rondônia

  • Sul (S)

Região Sul

  • Nordeste (NE)

Região Nordeste, com exceção do Maranhão 

  • Norte (N)

Pará, Tocantins e Maranhão

Devido à integração do Sistema Interligado (SIN) é possível fazer a compra de energia em um submercado e receber a energia em outro submercado.

Cada submercado possui a sua cotação de preços de energia conforme variáveis que influenciam diretamente nesses valores. Dessa maneira, pode haver uma oportunidade de SWAP de energia em diferentes submercados com o objetivo de aproveitar os melhores preços disponíveis naquele momento.

Caso uma empresa tenha comprado uma energia em um submercado e, após uma análise detalhada, identificar uma oportunidade de preços mais atrativos em outro submercado é possível realizar operação de SWAP de submercados para aumentar os ganhos com a sua operação de compra de energia.

Operação Estruturada de SWAP Temporal

No Mercado Livre as empresas contratam energia conforme suas necessidades. Esse poder de escolha garante uma excelente flexibilidade.

Portanto se a empresa precisar fazer uma redução no consumo em determinado período, seja por uma parada na produção, por uma questão estratégica ou por qualquer outro motivo, ela terá uma sobra de energia em relação ao que havia contratado anteriormente.

Neste caso a empresa poderá realizar uma operação estruturada de SWAP Temporal. Para realizar uma boa operação de SWAP Temporal é necessário analisar qual o melhor momento para vender essa sobra de energia que foi causada pela parada programada.

Dependendo da situação do mercado, de preços e do momento de venda do excedente, será possível obter mais lucros na operação.

A análise detalhada das variações do mercado em conjunto com a inteligência dos especialistas que fazem esse trabalho podem trazer opções valiosas de operações estruturadas com oportunidades reais de ganhos aos consumidores do Mercado Livre de Energia.

Por isso ter a assessoria de uma boa gestora é tão importante no Mercado Livre de Energia. Ela é capaz de analisar oportunidades com inteligência e propor operações estruturadas que irão maximizar os ganhos da sua empresa.

Para saber mais sobre a Esfera Energia acesse aqui.

Não perca nenhum post

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail